CrimeNotícias

Ator é preso após simular ataque racista contra si mesmo para prejudicar presidente Jussie Smolett simulou ataque nos EUA para receber salário maior e prejudicar Trump.

Nesta quinta-feira, 21 de fevereiro, a polícia de Chicago, nos Estados Unidos, confirmou a prisão do ator Jussie Smolett. Ele é conhecido por trabalhar na série ‘Empire’, exibida aqui no Brasil pela Rede Globo de Televisão. O motivo da prisão de Jussie Smolett é uma farsa contada por ele.

O ator contou que sofreu um ataque racista de dois homens brancos. Ele chegou com costelas quebradas em um hospital, contou que jogaram água sanitária nele e que os tais homens teriam dito frases conhecidas por terem sido proferidas pelo presidente americano, Donald Trump.

Ao investigar a situação, a polícia acabou prendendo os tais dois homens. No entanto, para a surpresa de todos, a dupla era negra. Os presos eram irmãos e trabalharam com o ator na série.

Jussie Smolett pagou homens para quebrarem suas costelas com objetivo de ficar mais famoso nas custas de Donald Trump

O superintendente da polícia de Chicago, Eddie Johnson, informou em entrevista coletiva concedida nesta quinta que Smollett pagou US$ 3,5 mil (R$ 13 mil) para os irmãos nigerianos Olabinjo e Abel Osundair lhe atacarem.

Johnson foi muito duro contra Smollett. Ele chamou o ato de “vergonhoso e egoísta”, pois a polícia de Chicago teve de gastar tempo e dinheiro para investigar um caso que, em um primeiro momento, foi tratado como um crime sério.

O presidente americano, Donald Trump, também se posicionou sobre o episódio. Aliado do presidente Bolsonaro, ele usou o Twitter e lembrou a Jussie que ele acabou estimulando episódios racistas. Trump pergunta ao ator um “e agora?”.

Etiquetas

Hugo Cristóvão

Jornalista Hugo Cristóvão se formou em jornalismo pela Unicamp, mas desde 2015 vive em Duque de Caxias. Antes de passar pelo Notícia ao vivo, ele foi colaborador do Extra e também do jornal O Dia. Jovem e interessado, Hugo é um dos mais atuantes de nossa equipe.

Artigos relacionados

Fechar
Fechar