Gatos de energia viram perigo no bairro Gramacho

Quem anda pelo bairro do Gramacho, já notou o emaranhado de fios que está pelas ruas da cidade. No Centro de Gramacho, por exemplo, é bem comum que curtos-circuito acabem prejudicando os moradores da região. É comum que falte luz e que eletrodomésticos sejam perdidos.

Roubo de energia é crime e prejudica caxiense

Neste sábado, 18 de agosto, a equipe do site Notícia Ao Vivo percorreu o bairro de Gramacho para identificar o problema. Nosso fotógrafo, Israel Novaes, fez imagens dos fios irregulares na rede de energia, o chamado “gato”. Além de ser um crime, o “gato” traz riscos à segurança, como possíveis incêndios.

A Concessionária de energia elétrica da região, a Light, tenta coibir o furto de energia. Para isso, monitora frequentemente os cabos de energia e notifica os moradores da região. Tudo para evitar que o consumidor regular não pague o valor roubado pelo vizinho. É isso o que acaba acontecendo em muitos casos.

A dona de Casa Vivian Perseguero do Amaral, de 57 anos, por exemplo, lembra o aspecto da cidadania. “A luz é cara, mas esse roubo prejudica todos nós. É necessário mais conscientização em torno do tema”, disse a dona de casa, que, na semana passada, após um blecaute, acabou perdendo um forno micro-ondas.