Notícias

Luto na televisão: Morre Wagner Montes e motivo gera perplexidade Apresentador e político, Wagner Montes, faleceu no Rio de Janeiro, aos 64 ano de idade.

Nesse sábado, 26 de janeiro, morreu um dos apresentadores mais queridos da televisão brasileira. Morreu Wagner Montes. Ele tinha 64 anos e morreu em um hospital do Rio de Janeiro.  Além de apresentador da Record TV, Wagner Montes também tinha outros serviços, como o cargo de deputado estadual.

Wagner Montes era uma pessoa muito querida. Casado com a atriz Sônia Lima, ele ficou conhecido ainda na década de 1980, quando participava do chamado ‘Show dos Calouros’, do ‘Programa Silvio Santos’.

Morte de Wagner Montes chama a atenção das redes sociais e homenagens emocionam

Recentemente, o comunicador comandava o programa ‘Balanço Geral’, na Record. Na atração, ele ficou famoso por bordões como o “escracha” e a “dança do capiroto”. O motivo da morte de Wagner Montes teria sido complicações de saúde.

Ainda no final do ano passado, ele teria sofrido um infarto. Isso deixou Wagner Montes muito debilitado. O comunicador também estava com uma infecção urinária. O estado de saúde dele chamou a atenção de fãs, que ficaram comovidos por algo, considerado banal, ter sido responsável pela morte do comunicador.

Nas redes sociais, muitos fãs falaram sobre a perda. A emoção tomou conta das últimas mensagens dos seguidores de Wagner nesse momento tão difícil.

Record TV chega a liderar no Ibope ao dar espaço para deslizamento em Brumadinho

A Record TV investiu em jornalismo na veia nesta sexta-feira, 25 de janeiro, quando deu com destaque a tragédia na cidade de Brumadinho, na região Metropolitana da Grande São Paulo. A Record foi a única emissora de televisão aberta que, de fato, dedicou toda a sua tarde para mostrar o que acontecia com o rompimento da barragem de Brumadinho.

Além disso, o canal de Edir Macedo foi o primeiro a chegar à cidade com suas equipes de jornalistas. Isso gerou um efeito significativo para o canal, que teve suas imagens compartilhadas por todo o mundo, como o vídeo de um resgate, que mostrou o complexo trabalho do Corpo de Bombeiros. Em alguns momentos, com a cobertura histórica, a Record chegou a atingir o primeiro lugar de audiência.

O grande pico da Record TV durante a cobertura foi uma entrevista exclusiva feita com o presidente do Brasil, Bolsonaro. Antes de fazer o seu pronunciamento, o presidente do Brasil deu uma entrevista relevante ao canal, chamando a atenção dos brasileiros.

Nesse instante, a Record chegou a impressionantes 15 pontos no Ibope da Grande São Paulo. A Globo, que exibia a novela das seis horas, tinha apenas 14 pontos. Cada ponto representa cerca de 70 mil domicílios na maior região do país.

Etiquetas

Hugo Cristóvão

Jornalista Hugo Cristóvão se formou em jornalismo pela Unicamp, mas desde 2015 vive em Duque de Caxias. Antes de passar pelo Notícia ao vivo, ele foi colaborador do Extra e também do jornal O Dia. Jovem e interessado, Hugo é um dos mais atuantes de nossa equipe.

Artigos relacionados

Fechar
Fechar