Luto no sertanejo: após desprezar próprio filho, cantor Marciano é encontrado morto

Morreu o cantor Marciano. Na madrugada desta sexta-feira, 18 de janeiro, uma das maiores lendas da música sertaneja do Brasil, o cantor Marciano, faleceu. Ele tinha 67 anos de idade e a informação sobre o falecimento do profissional da dramaturgia foi confirmada pela assessoria do artista, que lamentou com pesar a perda desse grande nome.

O motivo da morte do cantor sertanejo Marciano também surpreendeu os fãs e chocou o país. Ele foi vítima de um infarto fulminante do coração. A morte do artista aconteceu quando ele estava dormindo, na sua casa, localizada na região de São Caetano, no estado de São Paulo.

Cantor Marciano morre de infarto em meio a polêmicas com o filho

Durante décadas Marciano formou dupla com o cantor João Mineiro. Ao longo de muitos anos juntos ,’João Mineiro e Marciano’ compuseram diversos sucessos da música sertaneja, como “Fio de Cabelo”, “Crises de Amor” e “Paredes Azuis”.

Durante os últimos anos de sua vida. o cantor Marciano viveu uma briga pública com o filho Fabiano Martins. Ele não queria reconhecer o rapaz, mas um exame de DNA provou que Fabiano era mesmo filho do sertanejo. O cantor, no entanto, chegou a processar o filho pela exposição e obrigá-lo a fazer o  exame.

Edyr de Castro morre e é quase esquecida por grandes emissoras de TV

Nessa terça-feira, 15 de janeiro,  morreu uma das maiores artistas do Brasil. Faleceu a atriz e cantora Edyr de Castro. Ela ficou famosa por integrar nas décadas de 1970 e 1980 o grupos ‘As Frenéticas’, dono de hits como ‘Abra suas asas’.

Edyr de Castro lutava contra um Alzheimer. De acordo com o boletim médico divulgado, ela perdeu a vida em virtude de uma falência múltipla de órgãos. Edyr de Castro era um verdadeiro ícone pop, sendo responsável por grandes momentos das baladas brasileiras.

Mesmo com uma carreira consistente, Edyr de Castro praticamente não foi lembrada pelas grandes emissoras em que trabalho. O seu último papel, por exemplo, acabou sendo na Rede Record de Televisão, quando interpretou um papel importante no clássico ‘Poder Paralelo’.

Com o grupo ‘Frenéticas’, Edyr de Castro viveu seu auge na Globo,  quando foi ao ar a transgressiva novela ‘Dancyng Days’. A história trazia em sua abertura um clássico do grupo, que se tornou a música mais tocada daquele ano. Nas redes sociais, fãs e amigos lamentaram a morte de Edyr de Castro.