Nessa quarta-feira, 16 de janeiro, o ator Caio Junqueira, famoso pelo filme ‘Tropa de Elite’, sofreu um grave acidente de carro no Rio de Janeiro. O veículo onde o artista estava capotou e ele foi encontrado desacordado dentro do carro. Oficiais do Rio de Janeiro encontraram Caio Junqueira entre as ferragens.

Ele foi retirado por uma equipe especializada e, na sequência, foi levado para o Hospital Miguel Couto. As primeiras informações são de que Caio Junqueira está em estado grave. O ator interpretou Neto, o aspirante 06, no filme ‘Tropa de elite’. Na obra, ele acaba morrendo, após não seguir à risca o treinamento do Bope.

Ator Caio Junqueira capota com o carro no Rio de Janeiro e hospital revela seu estado de saúde

O acidente aconteceu por volta das 16h20, no horário de Brasília. Caio Junqueira tem 42 anos de idade e seu último trabalho foi na série ‘Mecanismos’, que trata da corrupção investigada na Operação Lava Jato. A série pode ser encontrada na Netflix.

Abaixo, o leitor pode ver um vídeo feito por uma pessoa que passava pelo local e filmou o  acidente envolvendo o ator Caio Junqueira:

Por conta do grave acidente, uma via importante do Leblon, na Zona Sul do Rio de Janeiro, precisou ser fechada. Veja abaixo o trânsito intenso no local, minutos depois o capotamento do carro do ator Caio Junqueira:

Veja abaixo um vídeo que passa informações do caso  envolvendo o ator Caio Junqueira, no Rio:

https://www.youtube.com/watch?v=UcqHKmFJyF4

Edyr de Castro morre e é quase esquecida por grandes emissoras de TV

A Globo é uma das principais emissoras do país. Sendo como tal, o canal já teve muitos profissionais. Nessa terça-feira, 15 de janeiro,  morreu uma das maiores artistas do Brasil. Faleceu a atriz e cantora Edyr de Castro. Ela ficou famosa por integrar nas décadas de 1970 e 1980 o grupos ‘As Frenéticas’, dono de hits como ‘Abra suas asas’.

Edyr de Castro lutava contra um Alzheimer. De acordo com o boletim médico divulgado, ela perdeu a vida em virtude de uma falência múltipla de órgãos. Edyr de Castro era um verdadeiro ícone pop, sendo responsável por grandes momentos das baladas brasileiras.

Mesmo com uma carreira consistente, Edyr de Castro praticamente não foi lembrada pelas grandes emissoras em que trabalho. O seu último papel, por exemplo, acabou sendo na Rede Record de Televisão, quando interpretou um papel importante no clássico ‘Poder Paralelo’.

Com o grupo ‘Frenéticas’, Edyr de Castro viveu seu auge na Globo,  quando foi ao ar a transgressiva novela ‘Dancyng Days’. A história trazia em sua abertura um clássico do grupo, que se tornou a música mais tocada daquele ano. Nas redes sociais, fãs e amigos lamentaram a morte de Edyr de Castro.