Bolsonaro reage a saída de Jean Wyllys do Brasil e o humilha ‘lindamente’ Presidente do Brasil usou o seu Twitter oficial para comentar desistência de Jean de mandato.

Nesta quinta-feira, 24 de janeiro, o deputado federal Jean Wyllys, do PSOL do Rio de Janeiro,  abriu mão do seu mandato na câmara dos deputados. De acordo com ele, os motivos para tal ação são ameaças de morte que ele estaria sofrendo. Jean, que ficou famoso por ganhar o BBB, revelou ainda que não quer ser um novo caso Marielle Franco.

Vale lembrar que Jean quase não se elegeu deputado e havia protagonizado uma polêmica em 2016 com Bolsonaro. Na época, durante a votação do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, do Partido dos Trabalhadores, ele cuspiu no hoje presidente do Brasil.

Bolsonaro humilha Jean no Twitter, após ele desistir de cargo de deputado

As desavenças dos dois não param por aí. Bolsonaro e Wyllys foram rivais políticos durante as passagens pela Câmara. O deputado do PSOL já acusou o atual presidente da República de homofobia diversas vezes e chegou a cuspir no rosto de Bolsonaro em uma ocasião.

Ao saber da notícia, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, usou as redes sociais, humilhando o agora ex-deputado “lindamente’. “Hoje é um grande dia’, escreveu o chefe da nossa nação em seu Twitter oficial.

Na sequência, poucos minutos depois, foi a vez do filho Carlos Bolsonaro (PSL) escrever “Vá com Deus e seja feliz!”.

Nas redes sociais, o nome de Jean Wyllys, rapidamente, virou um dos assuntos mais comentados da internet. Muita gente associou a desistência do mandato do político com a vitória de Jair à presidência. Durante as eleições, surgiram boatos de que Jean deixaria o país com uma vitória de Bolsonaro.

Bruna Marquezine ataca Bolsonaro, mas acaba humilhada

A atriz Bruna Marquezine virou uma ferrenha crítica do governo do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. Ainda no momento das eleições, a atriz chegou a fazer uma campanha pelo movimento “ele não”, que pregava a não votação ao líder do PSL, Bolsonaro. Nessa semana, a atriz Bruna Marquezine usou a internet para atacar Flávio Bolsonaro, após o relatório do Coaf que divulgou movimentações financeiras do Senador.

Por meio do Instagram, a atriz Bruna Marquezine pediu explicações para a família do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. Ela ainda chamou o caso de ‘Bolsonarogate’, fazendo uma referência ao caso ‘Watergate’, que gerou um impeachment nos Estados Unidos. No entanto, a famosa acabou sendo atacada pelo influencer Agustin Fernandez, famoso aliado de Bolsonaro.

Depois das críticas a Bolsonaro, Agustin Fernandez saiu em defesa do presidente e humilhou a atriz, lembrando o recente término dela com o jogador de futebol Neymar, do PSL.

Comentários estão fechados.