Neste domingo, 20 de janeiro, a primeira-dama Michelle Bolsonaro dará sua primeira importante entrevista desde que o marido, o presidente Jair Bolsonaro, assumiu o poder.  Michelle Bolsonaro deu uma lição amarga à Globo, que tem levado ao ar reportagens contra Flávio Bolsonaro, filho do presidente envolvido em acusações de recebimento inexplicável de quantias de dinheiro.

A primeira-dama vai conversar com o ‘Domingo Espetacular’, na Record TV, quando conta como foram os primeiros dias no governo do seu marido, além da rotina do Palácio do Planalto. Carismática  Michelle Bolsonaro é considerada um grande trunfo do governo, especialmente agora quando existe a primeira crise.

Primeira dama Michelle Bolsonaro vira carta importante no governo do marido, Jair Bolsonaro

Entre as revelações que a primeira-dama do Brasil fará na entrevista dada à Record,  Michelle contou que nem mesmo o então presidente eleito sabia que ela faria o discurso. “Eu não pedi, eu comuniquei”, disse ela à reportagem, que lembra que Michelle é bastanate discreta.

Michelle Bolsonaro também tem dado uma lição ruim à Globo, que tem ficado sem conseguir mostrar a intimidade do presidente.

DefeSa de Lula anexa foto de Michelle Bolsonaro no processo do Sítio em  Atibaia

A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, acabou virando ponto central da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No processo referente ao Sítio de Atibaia, que Lula é acusado de ser dono, a defesa do político anexou fotos de Michelle Bolsonaro usando a polêmica camisa com uma frase de uma juíza.

A primeira-dama estava com uma camisa com  a frase “Se começar nesse tom comigo, a gente vai ter problema”. A frase ficou conhecida pela boca da juíza Gabriela Hardt, que substituiu Sérgio Moro, no processo contra Lula. O ex-presidente indagava a magistrada, mas ela impediu que ele se sobreposse à ela.

Na época em que a  juíza Gabriela Hardt, ela acabou virando meme nas redes sociais. Já Michelle Bolsonaro usou uma camiseta preta com a frase, enquanto tirava alguns dias de descanso com o marido, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro.

Nas redes sociais, eleitores de Bolsonaro defenderam Michelle Bolsonaro. “O Lula está virando o câncer do PT. Ele não tem mais onde apelar e sobrou agora até para a primeira-dama”, disse um dos internautas no Twitter sobre o caso.