Bolsonaro toma decisão emocionante e corajosa em tragédia de Brumadinho

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, pronunciou-se no início da noite desta sexta-feira, 25 de janeiro, sobre a tragédia da cidade de Brumadinho, localizada na região Metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais. A cidade foi vítima de três rompimentos de barragem de minério. A mineradora responsável pela região é a Vale do Rio Doce.

Bolsonaro, que está com uma cirurgia importante marcada para a próxima segunda-feira, 28, vai estar na região de Brumadinho na manhã deste sábado, 26 de janeiro. Ele diz que quer fazer questão de tentar mostrar que o governo federal se importa com a dor das famílias das vítimas do rompimento em Brumadinho.

Presidente Bolsonaro estará em Brumadinho nesse sábado e manda grande efetivo de socorro

De acordo com o presidente do Brasil, o Ministério da Defesa está enviando equipes para a região para ajudar nas buscas. Além de Bolsonaro, alguns ministros estarão na região para avaliar os riscos e as possíveis consequências ambientais não só para Minas Gerais, mas também em todo o país.

Bolsonaro ainda disse que dois gabinetes de crise foram criados especialmente para esta tragédia, um em Brasília e um no local, para “manter o governo informado e sugerir quais medidas podem ser tomadas para auxiliar”.

Quem é a piloto que fez resgate inacreditável em Brumadinho?

Nessa sexta-feira, 25 de janeiro, o emocionante resgate na região de Brumadinho, em Minas Gerais, viralizou. A cidade localizada na região Metropolitana de Minas Gerais foi alvo de um deslizamento de uma mineradora, a Vale do Rio Doce. Minutos depois, equipes do Corpo de Bombeiros chegaram à região. A Record TV transmitiu ao vivo parte do resgate.

A destreza da piloto do helicóptero chamou a atenção. Mas quem é a mulher que ajudou no resgate? A Conheça a comandante Karla Lessa tem 38 anos e há vinte anos trabalha no resgate de vítimas. Tanta experiência dá à Karla a competência, paciência e sangue frio para operações como a do rompimento da barragem de Brumadinho.

Em entrevista à Record TV, Karla explicou como começou a fazer esse tipo de trabalho. Ela conta que ainda em seu primeiro ano ela realizou um voo e, então, se apaixonou pela função, fez cursos e se tornou a primeira mulher comandante de helicóptero de bombeiros militar do Brasil.

O resgate foi elogiado nas redes sociais. Ainda não se sabe quantas pessoas foram salvas ao longo do dia em Brumadinho, mas se fala em pelo menos onze resgates.

Comentários estão fechados.