Bolsonaro reage à tragédia de Brumadinho e Vale sofre penalização histórica e exemplar Presidente sobrevoou região onde houve rompimento de Barragem; justiça bloqueou R$ 1 bilhão da Vale.

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, sobrevoou de helicóptero na manhã deste sábado, 26 de janeiro, a região de Brumadinho, em Minas Gerais. O presidente conversa com o governador do estado, Romeu Zema, na tentativa de saber se ele decretará ou não estado de emergência. Caso isso ocorra, a ajuda do governo federal em repasses financeiros fica mais fácil.

Bolsonaro também montou um gabinete de crise.Ao todo, são dez ministérios que estão trabalhando diretamente para entender a tragédia de Brumadinho. Todo o esforço policial e de socorro também já foi enviado para a região, que conta com equipes de bombeiros, policiais e outros agentes da lei.

Justiça bloqueia R$ 1 bilhão de conta da Vale, após rompimento de barragem de Brumadinho

A tragédia em Brumadinho fez com que a justiça de Minas Gerais decidisse bloquear as contas da Vale do Rio Doce. A companhia vai ter que não usar essa quantia, pois o dinheiro será destinado às famílias das vítimas, sendo utilizado para pagar futuras indenizações.

O Ibama também multou a Vale do Rio Doce. A quantia da multa do Ibama a Vale é de R$ 250 milhões. A empresa não se pronunciou sobre a multa e o bloqueio bilionário em sua conta bancária.

Vídeo mostra desespero de funcionários após romper barragem de Brumadinho

Enquanto o Brasil ainda digere a tragédia, um vídeo mostra o momento do desespero dos funcionários da Vale do Rio Doce. No vídeo, que foi divulgado pela RedeTV!, dá para ouvir o barulho da terra caindo e os gritos de quem ainda trabalhava no local, temendo pelos colegas, que almoçavam no momento do desmoronamento.

Ofegante, o funcionário da mineradora filma a tragédia e diz: “Meu deus do céu. Vai, vai, sai, sai”. Enquanto corre desesperado, ele acrescenta: “Morreu, véio (sic). Ô, véio, todo mundo que estava lá embaixo com certeza morreu”. Do alto de uma plataforma, ele mostra os arredores tomados pela lama.

Veja abaixo o vídeo que mostra o desespero dos funcionários em Brumadinho, logo após o rompimento da barragem da Vale do Rio Doce:

Avimar de Melo, prefeito de Brumadinho, fala do desespero após desmoronamento de barragem

Nesta sexta-feira, 25 de janeiro, a tragédia em Brumadinho, Minas Gerais, mobilizou o país. Mais de 100 pessoas continuam desaparecidas na cidade, que foi  vítima de um desmoronamento de uma barragem administrada pela Vale do Rio de Janeiro.  Em entrevista ao vivo, o Prefeito de Brumadinho, Avimar de Melo, falou sobre a tragédia.

Segundo o prefeito, ele não estava no município quando a tragédia aconteceu, mas está retornando imediatamente ao local para ajudar a população. Ele acredita que o número de mortes pode ultrapassar o número de cinquenta vítimas.

Comentários estão fechados.